Doenças Sexualmente Transmissível

O número de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) relatado na Europa aumenta todos os anos, estimando-se que existem 17 milhões de novos casos por ano na Europa Ocidental. Se tem relações sexuais desprotegidas, o risco de contrair uma DST é elevado.

Doenças Sexualmente Transmissível

Doenças Sexualmente Transmissível. Imagem:divulgação

Existem vários erros associados à transmissão das doenças sexualmente transmissíveis, pelo que é importante que se informe e tenha em conta os riscos que corre. Por exemplo, as DSTs podem ser transmitidas por qualquer tipo de actividade sexual e não apenas por sexo vaginal. As doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) são aquelas que podem ser adquiridas durante o contato sexual.

Acesse e saiba mais informações: 

Doenças Sexualmente Transmissível

Classificam-se como:

  • Obrigatoriamente de transmissão sexual;
  • Frequentemente transmitida por contato sexual;
  • E eventualmente transmitida por contato sexual.
  • O não uso da camisinha é a principal causa do contágio.

As doenças mais conhecidas são:

Doenças Sexualmente Transmissível Gonorreia

Infecção causada por bactéria. Na mulher, tem aspecto clínico variado, desde formas quase sem sintomas até vários tipos de corrimento amarelados e com odor forte na vagina (vaginite) e uretra.

Doenças Sexualmente Transmissível Sífilis 

É uma infecção causada por bactéria. No homem e na mulher, 20 a 30 dias após o contato sexual, surge uma pequena ferida (úlcera) em um dos órgãos genitais (pênis, vagina, colo do útero, reto).

Doenças Sexualmente Transmissível

Doenças Sexualmente Transmissível. Imagem:divulgação

Doenças Sexualmente Transmissível Cancro mole ou bubão

É causado pela bactéria Haemophilus ducrey. Nesse caso, surgem várias feridas nos genitais (que são doloridas) e na virilha. A secreção dessas feridas pode contaminar diretamente, sem ter relações sexuais, outras pessoas e outras partes do corpo.

Doenças Sexualmente Transmissível Tricomoníase

É causada pelo protozoário Trycomona vaginalis. Na mulher causa corrimento amarelo, fétido, com cheiro típico, que pode causar irritação urinária. Não há sintomas em homens.

Doenças Sexualmente Transmissível Herpes genital

É causado por vírus. Em ambos os sexos surgem pequenas bolhas que se rompem e causam ardência ou queimação, e cicatrizam sozinhas. O contágio sexual só ocorre quando as bolhas estão no pênis, vagina ou boca.

Doenças Sexualmente Transmissível

Doenças Sexualmente Transmissível. Imagem:divulgação

Doenças Sexualmente Transmissível Condiloma acuminado ou crista de galo

É causado pelo HPV, uma virose que está relacionada ao câncer de colo do útero e ao câncer do pênis. Inicialmente, é caracterizado por uma pequena verruga nos órgãos genitais tanto do homem como da mulher. O tratamento deve ser realizado em conjunto pelo casal.

Doenças Sexualmente Transmissível Candidíase

É a infecção causada por micose ou fungo chamada de Cândida albicans, que produz corrimento semelhante a leite coalhado, que causa muita coceira e afeta 20 a 30% das mulheres jovens e adultas. No homem dá coceira no pênis, vermelhidão na glande e no prepúcio. Deve-se tratar o casal. Pode não ser uma doença adquirida por transmissão sexual.

Doenças Sexualmente Transmissível

Doenças Sexualmente Transmissível. Imagem:divulgação

Doenças Sexualmente Transmissível Clamídia

É considerada atualmente a doença sexualmente transmissível de maior incidência no mundo, podendo atingir homens e mulheres em qualquer fase de suas vidas, desde que nasçam de mães contaminadas ou durante o contato sexual. Nas mulheres, a porta de entrada é o colo uterino. O sintoma, quando ocorre, é um discreto corrimento.

Acesse e saiba mais informações: Perigos do aborto

Doenças Sexualmente Transmissível Tratamentos

Usar preservativos em todas as relações sexuais (oral, anal e vaginal) é o método mais eficaz para a redução do risco de transmissão das DST, em especial do vírus da Aids, o HIV.

A maioria das DSTs pode ser tratada com um ciclo de antibióticos. Mesmo no caso das doenças incuráveis como o herpes genital, os surtos podem ser facilmente controlados com medicamentos antivirais. Se teve relações sexuais desprotegidas ou tem sintomas de alguma das doenças referidas, procure ajuda médica para diagnosticar e tratar a sua condição.

É importante ter em conta que se lhe foi diagnosticada uma DST, deve evitar o contato sexual com o(a) sua/seu parceiro(a) até que a infecção esteja completamente curada, caso contrário, corre o risco de transmitir a doença.

Recomendados para você: